Nosso carisma 

Com o espírito franciscano, João Hoever começou este ideal, dando início a nossa forma de vida simples, humilde, caridosa de acordo com o exemplo de nosso Senhor Jesus Cristo e de seus discípulos. Francisco de Assis propôs a fraternidade cósmica: devemos reconhecer que somos todos irmãos, não só entre os humanos, mas de todas as criaturas. Somos todos criaturas do Grande Criador. Por isso, devemos saber cuidar uns dos outros e cuidar da vida. Francisco nos ensina que há um novo modo de relacionamento: se tudo está interligado (por causa da origem comum que todos temos), então a vivência deve ser fraternal, interrelacional e não destrutiva e competitiva como é hoje. O cuidado exige responsabilidade com o outro e com todas as criaturas e sobretudo com a grande obra da Criação, nossa casa comum.Servir a Cristo nos Pobres, este é o nosso carisma deixado por nosso Fundador Frei João Hoever. A imagem do presépio em nosso brasão sempre nos lembra a finalidade sublime de nossa fraternidade: a ajudar aos pobres, em particular à juventude carente. O Divino Salvador vestiu-se da natureza humana para assemelhar-se aos homens no amor misericordioso, para redimir a humanidade e conduzi-la ao Pai Celestial. Na pobreza pessoal, também nós nos aproximamos dos pobres e desamparados para conduzi-los a Deus.